São Paulo começa a vacinar funcionários de cemitérios e os que fazem exames de Covid-19 em laboratórios

0
14

A Prefeitura de São Paulo anunciou que trabalhadores de cemitérios e do Instituto Médico Legal (IML), como coveiros, médicos legistas, cremadores e condutores de veículos funerários, por exemplo, começarão a ser vacinados contra a Covid-19 a partir desta quarta-feira (17).

A vacinação também foi ampliada para trabalhadores dos serviços de diagnóstico da Covid-19, como testes RT PCR, SARS CoV2 e exames de imagem (RX e tomografia), além de funcionários de setores administrativos dos hospitais públicos.

Para receberem a dose da vacina, os funcionários dessas categorias precisam apresentar obrigatoriamente documento de identificação pessoal com CPF, além de crachá, declaração da empresa ou atestando as atividades exercidas na cidade de São Paulo.

A primeira dose da vacina para essas categorias pode ser adquira por esses profissionais em qualquer uma das 468 UBS da cidade e 87 AMAS Integradas, além das cinco unidades drive-thruda cidade..

 

As cinco categorias contempladas nessa ampliação:

– Equipes de serviços de ambulância que fazem transporte/remoção de pacientes com Covid-19;

– Trabalhadores de cemitérios públicos e privados, como profissionais sepultadores, veloristas, cremadores e condutores de veículos funerários;

– Trabalhadores das equipes de IML, como profissionais auxiliares de necrópsia, médicos legistas e atendentes de necrotério;

– Trabalhadores de serviços de diagnóstico que realizam coleta e análise de amostra de RT PCR, SARS CoV2 e exames de imagem (RX e tomografia);

– Trabalhadores da Saúde da Rede de Atenção à Saúde Municipal (Secretaria Municipal da Saúde, Coordenadorias Regionais de Saúde, e Supervisão Técnica de Saúde);