São Paulo se mantém na Fase Amarela e reabre parques e academias

0
185

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a atualização do Plano São Paulo. A declaração aconteceu na última sexta-feira (10) e revelou que a capital paulista se manteve na Fase 3 Amarela da quarentena inteligente.

A reabertura de academia estava prevista para acontecer somente na Fase 4 Verde do Plano São Paulo, no entanto o Governo de SP autorizou a reabertura desse serviço já na Fase 3 Amarela com 30% de sua capacidade, 10% a menos do que os setores da etapa atual.

A cidade de São Paulo está na Fase 3 Amarela desde o dia 26 de junho, nesta etapa permite que os comércios já reabertos possam funcionar por mais tempo e receber mais pessoas, confira:

Fase 3 – Amarela

  • Atividades imobiliárias – normalmente;
  • Concessionárias – normalmente;
  • Escritórios – normalmente;
  • Bares e restaurantes – Apenas ao ar livre, 6h de funcionamento e capacidade reduzida (40%);
  • Comércio de rua – 6h de funcionamento e capacidade reduzida (40%);
  • Shopping Center – 6h de funcionamento e capacidade reduzida (40%);
  • Salão de beleza – 6h de funcionamento e capacidade reduzida (40%).

Ao longo da última semana, a Prefeitura tem recebido os protocolos sanitários dos novos setores, no qual terá que garantir a higienização e o isolamento social dentro do estabelecimento comercial.

Reabertura de parques

Na semana passada, tanto o Governo como a Prefeitura de São Paulo permitiram a reabertura de alguns parques na capital paulista a partir desta segunda-feira (13). O horário de funcionamento e capacidade das unidades serão reduzidos, além disso, serão tomadas uma série de medidas sanitárias.

A reabertura deixou de fora dois parques que são bastante frequentado por moradores da zona norte, o Parque da Juventude e o Parque Estadual Aberto Lofgren (mais conhecido como Horto Florestal). Em contrapartida, o Parque Estadual Cantareira – Núcleo Pedra Grande, recebeu autorização para voltar a funcionar.

Já os parques municipais funcionarão das 10h e 16h (com exceção do parques do Ibirapuera e do Carmo, que funcionarão das 6h às 16h), eles terão a capacidade de atender até 40% de seu público total, e serão fechados aos fins de semana. Na zona norte, as unidades reabertas são:

  • Parque Lions Clube Tucuruvi | Rua Alcindo Bueno de Assis
  • Parque Tenente Brigadeiro Faria Lima | Rua Heróis da FEB, 322 – Parque Novo Mundo
  • Parque Sena | Rua Sena, 349 – Palmas de Tremembé
  • Parque do Trote | Rua Nadir Dias Figueiredo, s/n
Plano São Paulo atualizado no dia 10 de julho – Imagem: Reprodução

Plano São Paulo

Por conta dos indicadores positivos no controle da pandemia do coronavírus (covid-19), as regiões da Baixada Santista, Registro e as sub-regiões Leste (Alto Tietê) e Oeste (Osasco) da Grande São Paulo avançaram para a Fase 3 Amarela. Com isso, as cidades que pertencem a essas regiões poderão flexibilizar ainda mais seus serviços e comércios.

As regiões Araçatuba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto se mantiveram na Fase 1 Vermelha. Além delas, outras regiões as áreas de Bauru, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente e Sorocaba regrediram para a etapa de restrição máxima, permitido o funcionamento apenas de serviços essenciais.

Reabertura de cinemas e teatros

Segundo o Plano São Paulo, as regiões que permanecerem por 28 dias seguidos na Fase 3 Amarela, poderão reabrir, com limitações, espaços culturais como museus, bibliotecas, cinemas, teatros e salas de espetáculos.

Caso a capital paulista e as cidades da região do ABC e de Taboão da Serra mantiverem o controle da pandemia, estarão autorizadas em reabrir os espaços de lazer já no dia 27 deste mês.