Saúde

Sexta é o último dia da campanha de vacinação contra o Sarampo

Esta é a última semana da campanha de vacinação contra o sarampo na capital paulista. Iniciada em 10 de junho, a campanha destacou como público alvo crianças de 6 meses a 1 ano de idade incompletos e de 15 a 29 anos. A vacina está disponível em todas as unidades de saúde.

Para frear o aumento dos casos de Sarampo na cidade de São Paulo, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) adotou diversas estratégias, como a instalação de postos volantes em locais de grande circulação de pessoas, como estações de trens, metrô e terminais de ônibus, além da ida de uma equipe de saúde em creches, escolas e universidades.

As ações de bloqueio acontecem quando há notificação de casos suspeitos. Elas têm objetivo de interromper a transmissão da doença, independente da confirmação do diagnóstico. Os bloqueios são realizados na residência do paciente sob suspeita e nos locais frequentados por ele, como escola ou trabalho. Até 1º de agosto, agosto foram realizadas mais de 3 mil ações deste tipo.

A vacinação é o método mais eficiente de enfrentar o Sarampo. De acordo com a gestão municipal, até quinta-feira (08/08), a cobertura da campanha chegou a 29,3% entre jovens de 15 a 29 anos e 27,3% entre crianças de 6 meses a 1 ano de idade incompletos. Até o momento, a capital registrou 778 casos positivos da doença.



Topo