SP adia volta as aulas presenciais para 7 de outubro

0
256
PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 24.02.14: Primeiro dia de aula nas Escolas de Rede Pública Estaduais. Foto: Gustavo Gargioni/Especial Palácio Piratini

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta sexta-feira (7) o adiamento das aulas presenciais para o dia 7 de outubro. A motivação da mudança na data ocorre em razão de que algumas regiões do Estado de São Paulo ainda estavam na fase mais restritiva da quarentena.

A informação do adiamento havia sido antecipada pelo SP Norte em razão da exigência da gestão estadual, no qual cobra que todas as regiões do Estado de São Paulo deverão estar na Fase 3 do Plano São Paulo por 28 dias consecutivos.

Segundo a gestão estadual, a retomada será gradual e irá atingir até 35% dos alunos da educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental. Já par os estudantes dos anos finais do ensino fundamental e todo o ensino médio, a retomada terá o limite máximo de 20%.

Além disso, o Governo de São Paulo recomenda que entre o período de setembro e outubro, os colégios já poderão reabrir para plantão de dúvidas, atividades esportivas, aulas em laboratório, informática e entre outras.

Assim como os outros setores, a volta as aulas deverão obedecer os protocolos sanitários, como o distanciamento social, além do uso de máscaras de proteção nos alunos e nos trabalhadores da escola.

A determinação da volta às aulas ficará a cargo de prefeitos de cada cidade. Na cidade de São Paulo, um projeto que regulamenta a volta às aulas foi aprovado pelos vereadores de São Paulo e aguarda a sanção do prefeito Bruno Covas (PSDB).

Mapa do Estado classificando as regiões de acordo com o Plano São Paulo – Imagem: Governo de São Paulo

Plano São Paulo

Atualmente, cerca de 86% do estado está esta na Fase 3 Amarela, sendo eles: Capital paulista, Araraquara, Baixada Santista, Registro e Grande São Paulo, sub-regiões Leste, Sul e Sudeste. Já nesta sexta (7), as regiões de Araçatuba, Marília, Bauru, Sorocaba, Taubaté, Campinas, e São João da Boa Vista passaram da Fase 2 Laranja para a Fase 3.

No entanto, a região Oeste da Grande São Paulo regrediu da Fase 3 para a Fase 2, e a  as regiões de Piracicaba e Ribeirão Preto se mantiveram na Fase 1 Vermelha, a de restrição máxima.

O Plano São Paulo divide o Estado por regiões. Cada local recebe uma classificação de acordo com a taxa de contaminação do coronavírus (Covid-19) e da taxa de ocupação de leitos de UTI. Essas classificações são divididas em 5 fases, que vão deste a restrição máxima (Vermelha) até a normalidade (Azul).

*Matéria atualizada no dia 10/08