SP: Campanha contra poliomielite é prorrogada até 30 de novembro

0
11

A campanha de vacinação contra a poliomielite do estado de São Paulo, que inicialmente iria até 13 de novembro, foi prorrogada até o dia 30. O motivo é a baixa adesão.

Os pais ou responsáveis por crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos  que estiverem interessados na vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil), devem levar os pequenos para receber a “gotinha” (vacina oral), inclusive as que estejam com a carteira de vacinação em dia.

O estado de São Paulo ainda estima proteger 1 milhão de crianças para alcançar 95% do público-alvo definido na campanha, que totaliza 2,1 milhão.

Além da vacinação contra a pólio, a campanha de multivacinação também foi prorrogada até dia 30 de novembro.

A campanha de multivacinação tem como objetivo atualizar mais cadernetas, aplicando doses de vacinas importantes e que podem estar pendentes, garantindo assim a devida proteção contra os vírus que circulam no território e podem provocar cerca de 20 doenças.

No total, serão oferecidas 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças:

BCG (tuberculose);

rotavírus (diarreia);

poliomelite oral e intramuscular (paralisia infantil);

pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib);

pneumocócica;

meningocócica;

DTP;

tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);

HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais);

febre amarela;

varicela;

hepatite A.