SP confirma 25 casos da variante brasileira do coronavírus

0
16

O secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, confirmou 25 casos da variante brasileira, conhecida como P1, sendo 16 deles autóctones, ou seja, pacientes que não viajaram ao Amazonas ou tiveram contato com pessoas do estado.

“Nós temos, já na cidade de São Paulo, no município de São Paulo, uma pessoa. Nós tivemos na região de Araraquara 12 [casos], e na região de Jaú, três [casos]. Portanto, são 16 casos autóctones”, disse em entrevista à TV Globo.

Jean Gorinchteyn  revelou que foi afastada a possibilidade de circulação da variante do Reino Unido em São Paulo.

“Agora pela manhã, por coincidência, a pesquisadora Ester Sabino [da USP] nos comunicou que das três cepas que haviam sido colocadas como cepas britânicas, elas foram resequenciadas e afastou-se a possibilidade da cepa britânica. Porém, se aumentou as estatísticas. Nós tínhamos oito casos em Araraquara para a cepa P1, que era do Amazonas, e elas passaram a consagrar como 12 cepas. Portanto, mais quatro cepas da P1″.

Para o secretário, o que preocupa sobre essas novas variantes é o comprometimento de pacientes jovens sem comorbidades.

Ele também afirmou que o estado poderá tomar medidas mais restritivas nas regiões que apresentarem índices elevados de contaminação pela nova variante da Covid-19.

“Nós continuaremos seguindo os índices da saúde. Todos os dias avaliamos o número de casos, número de internações de Unidades de Terapia Intensiva e número de óbitos. Se qualquer região mostrar uma velocidade de ascensão dos números, serão tomadas pontualmente medidas locais que façam realmente uma contenção da circulação do vírus”

Casos autóctones da variante brasileira: 16

  • 12 Araraquara
  • 1 São Paulo
  • 3 Jaú

Total de casos da variante brasileira: 25

  • 12 Araraquara
  • 10 São Paulo
  • 3 Jaú