SP: polícia cumpre mandados de prisão em investigação que apura desvios na área da saúde

0
231

A Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo cumpriram na manhã desta terça-feira 57 mandados de prisão e 260 mandados de busca e apreensão na Câmara Municipal e na Secretaria de Saúde em operação que investiga desvios de dinheiro da área de saúde.

Na Câmara, alvo da Operação Raio X foi um funcionário do gabinete do vereador Eliseu Gabriel (PSB). O político não é investigado.

Na secretaria estadual de Saúde, os agentes cumpriram mandatos contra uma médica e uma advogada.

No total, foram realizados mandados de prisão temporária e 237 mandados de busca, sendo 180 no estado de São Paulo e 57 nos demais estados, além do sequestro de bens e valores.

A suspeita é de que uma organização social que administra hospitais brasileiros trabalhe com um esquema de desvio que envolva pagamento de propinas a funcionários públicos.

A investigação durou cerca de dois anos, e os crimes investigados são fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.