Turismo

Split: as belezas da maior cidade da Croácia

Split, a maior das cidades croatas, na costa do Mar Adriático, é também a mais movimentada. Seu surgimento está associado à construção do Palácio de Diocleciano, considerado Patrimônio Histórico da Unesco, e é de longe a principal atração local (previamente existia uma colônia grega na região). Diocleciano foi um imperador romano que governou entre 284 e 305 d.C., e era conhecido por suas reformas e pela perseguição aos cristãos.

O lado sul do palácio fica de frente para o mar, e suas muralhas têm uma extensão de 170 a 200 metros e altura de 15 a 20 metros, formando o complexo que ocupa aproximadamente 38 mil metros quadrados de área. As ruínas do palácio ainda podem ser admiradas, e as ruas de paralelepípedos, que alinham lojas, bares e supermercados, compõem o centro de Split.

Split marca o início da Costa da Dalmácia, e é base para explorar algumas das 1.185 ilhas espalhadas pela costa croata. A cidade é perfeita para todas as idades. O próprio centro, por exemplo, oferece interessante vida noturna, repleto de bares e baladas, com pessoas do mundo inteiro, principalmente jovens. A oeste do centro antigo, bosques levam o visitante a praias reclusas, com um ou dois bares à beira-mar, que são excelentes opções para relaxar e deixar o agito para trás. Pode-se também experimentar as iguarias da culinária croata, como frutos do mar de sabor diferenciado e inigualável.

Além disso, existem passeios de barco, lanchas ou iates, em que é possível encontrar as mais belas cavernas; praticar esportes radicais como o flying board; observar paisagens esplêndidas do alto de grandes pedras de até 20 metros de altura, que seguramente podem ser escaladas.

Os croatas são bem receptivos e, maioria da população, incluindo comerciantes e taxistas, possui o inglês como segunda língua. O clima em Split apresenta diferenças significativas durante o ano, porém, entre maio e outubro a temperatura permanece na casa dos 28ºC.



Topo