STF determina afastamento de senador que foi flagrado com dinheiro na cueca

0
22

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, determinou o afastamento, por 90 dias, do senador Chico Rodrigues (DEM), que foi flagrado pela Polícia Federal escondendo dinheiro na cueca.

Agora, a determinação do ministro será enviada ao Senado, que dará a palavra final sobre o afastamento do parlamentar.

A Procuradoria-Geral da República pediu também a prisão domiciliar do senador, mas Barroso negou esta medida.

Ao determinar o afastamento, o ministro do STF entendeu que: “a gravidade concreta dos delitos investigados também indica a necessidade de garantia da ordem pública: o Senador estaria se valendo de sua função parlamentar para desviar dinheiro destinado ao enfrentamento da maior pandemia dos últimos 100 anos, num momento de severa escassez de recursos públicos e em que o país já conta com mais de 150 mil mortos em decorrência da doença”

Chico Rodrigues foi alvo de operação deflagrada na quarta-feira (14) em Roraima. Durante as buscas, o político foi flagrado com dinheiro na cueca.

A ação tinha como objetivo desmantelar um esquema milionário de desvio de recursos públicos que deveriam ter ido para o combate ao novo coronavírus.