Cinema

Um filme de Hollywood que fala sobre Hollywood

O talentoso cineasta Quentin Tarantino volta aos cinemas com o seu 9° filme “Era Uma Vez em Hollywood”. Marcado por excelentes obras que mistura muita ação e violência, o diretor tornou-se símbolo da cultura pop.

O mais novo filme conta com um grande elenco, principalmente pela dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, apesar de já terem trabalho com o diretor, ambos ainda não contracenaram juntos em um filme de Tarantino.

O filme conta a história de Rick Dalton (DiCaprio), um ator de TV que, juntamente com seu dublê  CliffBooth (Brad Pitt), está decidido a fazer o nome em Hollywood. No meio do caminho ele conhece muitas pessoas influentes na indústria cinematográfica, o que os acaba levando aos assassinatos realizados por Charles Manson.

Pelo visto Tarantino pegou gosto em usar algum acontecimento histórico para fantasiar histórias cinematográficas, semelhantes aos últimos longas dele, como o “Django Livre”, “Oito Odiados” e, o mais lembrado deles, “Bastardos Inglórios”.

O mais interessante do filme é ver como ele conta a história do cinema utilizando o próprio cinema pra isso.A referência do diretor para este longa foi o conhecido “os assassinatos Tate” pela Família Mason em 1969. Neste ambiente conturbado, exaltado pela fantasia da vida de Hollywood, Tarantino mostra as versões idealizadas do cinema, como o herói de ação (Di Caprio), seu parceiro fiel (Brad Pitt) e a musa (Margot Robbie).

O filme estreou na ultima quinta-feira (15/08) nos cinemas de todo o país e tem tudo para ser uma das melhores obras deste excelente diretor.



Topo