Games

Unravel Two: unidos por um fio

Duas vezes emocionante, Unravel Two traz uma nova mecânica de jogo, onde cooperar é necessário

Sem mais nem menos, a Eletronic Arts anunciou e lançou de imediato o game que não parecia ter continuidade ainda, durante a E3 2018. Então, Unravel Two foi lançado, com uma mistura de jogo de plataforma com puzzles, aventura, iniciativas e uma bela arte por trás das cenas, sem contar com emoções à flor da pele.

A grande mudança em seu gameplay fica por conta da adição de um outro personagem. Yarny agora tem um amigo que o acompanha durante toda a aventura, o que tem implicações diretas na “receita do bolo”. Mas não esquente a cabeça, se você preserva jogar sozinho, pois “a dupla” também roda muito bem nas condições para um só controle.

O novelo, no qual o personagem principal estava amarrado e sempre necessitando de quantidades maiores de lã, foi substituído pelos corpos. Daí a cooperação necessária dos amigos por toda a saga do game.

A personalização dos “heróis” também é bem bacana (desde a cor e olhos até formato de cabeças), além de customizações adquiridas ao passar dos níveis.

Com imagens fotorrealistas e brilhantemente belíssimas, a história se desenrola em uma ambientação perfeitamente aderente ao estilo do jogo, sem contar com a trilha sonora que parece se encaixar como uma luva durante o gameplay.

Unravel Two vale demais a pena. Porém, dessa vez ele chega sem tradução, o que pode frustrar alguns jogadores mais abrasileirados.


Rafael Poliszuk é jornalista e trabalhou por mais de uma década com automobilismo real. Ou seja, nas pistas!

Tudo porque quando criança era fascinado por jogos do gênero. Com o reencontro da paixão digital, começou o projeto do qual surgiu a Poliszuk Relações Públicas, com experiência no site EuroGamer Brasil, Jornal SPNorte e outras mídias, onde desenvolve promoções e eventos.

E-mail: rafael@poliszuk.com.br



Topo