PET

Você sabia que cuidar dos dentes do seu pet é essencial para a saúde?

Os animais de estimação estão cada vez mais próximos de nosso ambiente familiar. Eles fazem parte de nossas famílias e cabe a nós, seus tutores, cuidarmos de sua saúde, inclusive a oral. Por isso, devemos fazer uma avaliação rotineira  em  suas bocas.

Temos que lembrar da importância de nossos animais terem uma boca saudável, pois  muitas  doenças que acometem em nossos  cães  e  gatos podem ter origem a problemas relacionados aos dentes ou nas  estruturas da cavidade oral. Entre alguns exemplos, temos a doença periodontal grave, que pode levar o animal a ter doenças no fígado, nos rins, nas articulações, no sistema nervoso central e até mesmo no coração.

Muitas vezes os animais são atendidos em clinicas veterinárias e/ou hospitais com alguma doença originária da saúde bucal. Após algum tempo  do tratamento, eles podem voltar a ficar doentes,  já que a causa base (um problema odontológico) não foi diagnosticado e nem mesmo tratado.

Assim como em nós, humanos, grande parte desses problemas podem ser evitados apenas com uma simples escovação diária. Um grande exemplo disso são os tártaros. Na veterinária, eles são chamados de cálculos dentários, e tem origem no acúmulo de placas bacterianas sobre a superfície dos dentes. O surgimento delas acontecem com o acúmulo de sujeiras e restos alimentares. Com o passar do tempo, essa placas vão endurecendo e se tornando difíceis de remover, devido à calcificação destes detritos.

É importante falar que esse processo acontece num período curto de tempo, já que as placas bacterianas se formam num período de 48 horas. Por isso, é tão necessário realizar a escovação diária dos dentes de nossos pets.

Quando os animais não têm seus dentes escovados, temos como primeiros sintomas da existência de cálculos dentários os  dentes  com  aspecto escuro (sintoma visual) e o segundo, e de muita importância, o mal hálito. Outros sintomas são: salivação intensa, presença de secreção na boca, sangramento na gengiva, dor, desconforto quando se alimentam, mostrando por dificuldade em morder, mastigar ou engolir os alimentos. Podemos encontrar com frequência dentes moles e também perda de alguns dentes.

O tratamento odontológico para remoção completa dos cálculos dentários deve ser feito em uma clínica veterinária, de preferência por um dentista veterinário – médico veterinário com especialização  em  odontologia veterinária. Este tratamento deverá ser feito com o animal sob efeito de uma anestesia geral, de preferência uma anestesia inalatória, por causa da dificuldade que é mantê-lo calmo durante o  procedimento, podendo ser entre uma a duas horas.

Como escovar os dentes de seu pet?

No caso  de  cães e gatos, recomendamos  que a escovação seja feita  diariamente. Caso seu animalzinho colabore, o ideal seria escovar seus dentes duas vezes ao dia. Para isso, devemos utilizar uma escova de dentes bem macia acompanhada de pasta de dente própria para uso veterinário.

Não devemos utilizar pastas de dentes para uso humano, pois nossos animais podem ser intoxicados ao ingerir  produtos proibidos para eles, e até  mesmo desenvolver uma gastrite. Os animais podem engolir a pasta de dentes próprias para uso veterinário, já que não causam nenhum dano a sua saúde.

Vale destacar também, que hoje existem no mercado pet, produtos que ajudam a prevenir e evitar o acúmulo da placas bacterianas. Esses produtos podem vir a serem misturados na ração, na água e, até  mesmo, na boca dos animais. Eles atuam fragilizando a barreira que as bactérias formam sobre os dentes.

Porém, é muito importante que antes de comprar qualquer desses medicamentos, você consulte um médico veterinário de confiança, para assim ele orientar qual o melhor produto para seu pet e de que forma utiliza-lo.  Existem também outros meios práticos de ajudar o controle no crescimento dos cálculos como, por exemplo, petiscos, biscoitos e rações especiais.

Mas não podemos deixar de chamar a atenção que a melhor forma de evitar as placas, afim de manter a limpeza nos dentes de seu amigo, é com a escovação diária dos dentes.

Amigo tutor, procure fazer com que a escovação seja uma coisa prazerosa para o seu cão ou seu gato. Peça também para que o dentista veterinário lhe oriente como cuidar dos dentes de seu pet. Ao término de cada escovação, dê a seu animalzinho um petisco e muitos agradecimentos em forma de carinho. Desta forma, ele acabará gostando do ato de escovar os dentes. Fazendo isso com dedicação e carinho, seu pet terá uma boa saúde oral e dentes muito saudáveis.

Antes do tratamento, muitos cálculos nos dentes



Topo