Vida e Bem Estar

Setembro Amarelo é o mês de prevenção do suicídio

O dia 10 de setembro é lembrado por ser o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, considerado uma das epidemia do século XXI. De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, a cada 40 segundos alguém se suicida pelo mundo. No entanto, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada 10 casos de suicídio poderiam ser evitados.

Outro dado que chama atenção é que a maioria dos casos são de jovens com idade entre 15 a 29 anos, e a tendência é aumentar, conforme o levantamento de 2006 a 2015, houve um crescimento de 24% nos casos de suicídio entre jovens brasileiros de 10 aos 19 anos.

Com o objetivo de evitar novos casos, o Centro de Valorização da Vida (CVV) esclarece alguns mitos que podem ajudar no combate do suicídio:

  • Falar sobre o tema NÃO aumenta o número de suicídios;
  • Quem ameaça PODE fazer algum mal;
  • Os suicidas NÃO querem morrer;
  • O suicídio NÃO é sempre um ato impulsivo;
  • Quando uma pessoa mostra sinais de melhora ou sobrevive a alguma tentativa de suicídio, ela AINDA NÃO está fora de perigo.

Brasil

O Brasil é o oitavo país do mundo em número de casos com 12 mil por ano, o que representa uma morte a cada 45 minutos. São diferentes os motivos que levam um indivíduo a tomar a decisão de acabar com a própria vida.

CVV

O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os cerca de 3 milhões de atendimentos anuais são realizados por 3.000 voluntários em mais de 100 postos de atendimento pelo telefone 188 (sem custo de ligação), ou pelo www.cvv.org.br via chat, e-mail ou carta. A entidade realiza também ações presenciais, como palestras, Curso de Escutatória e grupos de apoio a sobreviventes do suicídio.



Topo